Feliz Dia dos Namorados!




Hoje é dia de S.Valentim e, ao contrário da maioria dos solteiros, eu gosto deste dia, gosto que se celebre o amor e apesar de não ter "ninguém" na minha vida, também escrevi há uns tempos um textinho para uma pessoa que eu adoro. Ora vejam lá:


"Estou apaixonado há dezoito anos. Desde que saí do ventre da minha mãe que me enamorei de mim.
Como todas as relações eu e eu passamos por momentos conturbados ao longo destes dezoito anos, mas permanecemos juntos, porque assim é que é, porque assim tem de ser e porque, afinal de contas, nem temos outra solução.
Estamos numa relação saudável, mas como toda a gente sabe, a felicidade atrai quem não deve. É triste, mas é assim desde sempre. Então, ao longo de todo este tempo (que até nem é assim tanto), não faltaram insolentes que me tentaram separar de mim e, estou certo, que durante todos os anos que virão, eles marcarão presença.
Comentários inapropriados, empurrões, olhares de desdém e por aí fora. O amor não é sempre visto com bons olhos, então se falarmos de amor-próprio…
Experimentem! Experimentem apaixonar-se por vós mesmos (vale a pena!) e verão toda a sociedade com pedras nas mãos pronta a atacar-vos. Todas as ações trazem consequências, não é verdade?
Chamar-vos-ão de narcisistas, convencidos, arrogantes, egocêntricos e mais uma data de adjetivos pouco agradáveis ao ouvido, mas se querem ser felizes, não os escutem.
Talvez até vós estivésseis a ponderar apelidar-me disso também, o que prova e reforça a minha teoria: a sociedade não aceita o amor-próprio. É esta a dura realidade.
Hoje em dia somos bombardeados com uma data de informação que apela à aceitação do “eu”, no entanto basta aparecer a primeira pessoa que realmente tenha percorrido o período de aceitação e chegado a algum lado, que é logo enxovalhada e acaba, eventualmente, por juntar-se aos que a destruíram, ao bando de hipócritas que fingem ser felizes e invejam quem realmente o é.
Peço, a quem me lê, para que olhe no espelho e tente fazer mais por si e menos pelos outros.
Atenção, não estou a dizer para deixardes de ser gentis, ou generosos, mas estou a dizer que quero que a vossa motivação diária parta de vós e não do amor que guardam a qualquer outra coisa.
A minha relação comigo nem sempre foi pacífica, como no presente texto já vos disse, e recordo-me que o período mais custoso ocorreu no ano 2013. Pensamos mesmo em separarmo-nos, como se isso fosse possível. Estávamos fartos, cansados, pensamos que o nosso amor não era forte o suficiente para aguentar as adversidades e lutamos. Lutamos um contra o outro, pela primeira vez. Até então, tínhamos lutado sempre lado a lado, contra os outros.
Não sei como, nem quando, nem porquê, mas a relação estabilizou, talvez essa cena fictícia de pancadaria tenha ajudado à resolução do conflito. Dizem que no amor e na guerra vale tudo.
Estou apaixonado há dezoito anos. A relação nem sempre é fácil e traz consequências, mas há pessoas pelas quais vale a pena sofrer e eu estou disposto a sofrer por mim, por todo o amor que me guardo, porque afinal, quem me pode fazer mais feliz que eu mesmo?"

Feliz dia de S.Valentim! Amem-se e sejam muito muito felizes!

I'M SORRY FOR ONLY POSTING THIS IN PORTUGUESE, BUT I WISH YOU AN HAPPY VALENTINE'S DAY!! 

You Might Also Like

12 comentários

  1. Seu blog é muito bonito

    http://keepcalms2s2.blogspot.com.br/

    ReplyDelete
  2. "Peço, a quem me lê, para que olhe no espelho e tente fazer mais por si e menos pelos outros." love it!

    r: shiuuu xD

    ReplyDelete
  3. Gostei imenso do texto e tens toda a razão, antes de mais temos de nos amar a nós próprios, só assim podemos amar outras pessoas de alma e coração :)

    Um beijinho,
    http://thedailydreamergirl.blogspot.pt/

    ReplyDelete
  4. Esse amor próprio é ainda mais bonito que os outros.
    Temos de ser nossos amantes, antes de podermos ser felizes.
    Beijinhos

    ReplyDelete
  5. que texto maravilhoso, nós temos de ser o amor das nossas vidas ! Também sou como tu, mesmo solteira adoro este dia, adoro ver os outros felizes e a espalharem amor, mas devia ser todos os dias assim...

    R: eu sou como tu, acho que devemos ser maduros e mais engraçados nas alturas certas, até porque eu levo sempre tudo para a brincadeira

    ReplyDelete
  6. mas sei ser séria quando necessário*

    ReplyDelete
  7. claro que nao! nao é preciso ter ninguem para festejar o dia do amor e da amizade *

    ReplyDelete
  8. Quanta sabedoria! ;)
    Abraço ;3

    ReplyDelete
  9. r: e tu também, seu totó <3

    ReplyDelete
  10. É lindo o texto e é lindo o seu autor. :)

    ReplyDelete
  11. Anónimo: Muito obrigado! :)

    ReplyDelete
  12. Adorei o texto! Temos mesmo que gostar de nós mesmo, mas por vezes é complicado :s "Experimentem! Experimentem apaixonar-se por vós mesmos (vale a pena!) e verão toda a sociedade com pedras nas mãos pronta a atacar-vos." a mais pura das verdades!" Já eu, solteira, odeio o dia dos namorados :/

    R: Espero ainda ter tempo para exprimentar outros estilos... :) Por agora é este, daqui a uns tempos será outro.

    xx, Edna♡
    http://neverforgottenmercury.blogspot.pt/

    ReplyDelete

Your opinion matters, so leave a comment here! Thanks for the visit! x :)

About You

Translate